O Lado bom da vida — It's Lizzie



Livro

O Lado bom da vida

A resenha do livro de hoje é sobre um livro que li no início de dois mil e catorze e que acabou se tornando um dos meus livros preferidos; esse livro se chama O Lado Bom da Vida.

O livro conta a história de um ex-professor de história do ensino médio que acabou sendo internado em uma instituição psiquiátrica após ter um surto de raiva quando Nikki, sua esposa, o pediu para que ficassem separados por um tempo.

Pat Peoples, o ex-professor de história, não consegue se lembra o motivo que o fez ir para a instituição psiquiátrica e então ele começa a aproveitar o seu tempo de internação trabalhando pesado no seu físico pois ele está decidido a tentar impressionar sua esposa. Sua mãe, durante uma das visitas no lugar ruim, decide levar Pat para casa mas desde que ele prometa que não irá procurar Nikki.

O Lado Bom Da Vida conta a história de Pat Peoples, um homem que não desiste da felicidade e que sempre tenta ver o lado bom das coisas.

Pat não quer ficar no lugar ruim, em que ninguém acredita no lado bom das coisas, no amor ou em final felizes mas mesmo com receio de que as pessoas de sua antiga vida podem não ser tão entusiásticos como ele está tentando ser, Pat decide ir para a casa de seus pais com a sua mãe mas deixando claro que só irá ficar com eles até o “final do tempo separados”.

“Estou praticando ser gentil em vez de ter razão!”

Ao voltar para a casa de seus pais, Pat percebe que nem tudo são flores. Seu pai se recusa a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando ao máximo fazer qualquer tipo de comentário sobre o que aconteceu antes de sua internação. Ele se vê rodeado de pessoas que não conseguem ver o lado bom da vida.

Você precisa fazer tudo o que pode e se se mantiver positivo, você terá uma chance.

Pat acaba conhecendo Tiffany, a cunhada viúva e mentalmente instável de seu melhor amigo. No início um acaba não indo com a cara do outro, principalmente após Tiffany oferecer  sexo casual à Pat, mas no desenrolar da história eles acabam se tornando amigos e ambos acabam até participando em uma competição qual ela está desesperada para vencer.

O mundo vai quebrar o seu coração de 10 formas diferentes até o Domingo. Isso é garantido. Não dá para explicar isso. Ou as loucuras dentro de mim e de todo mundo. Mas adivinhe? Domingo é o meu dia preferido de novo. Eu penso no que todos fizeram comigo, e eu me sinto um cara muito sortudo.

O Lado Bom Da Vida é, de fato, um dos meus preferidos e de certa forma acabou mudando a minha vida. Antigamente eu era muito mas muito pessimista mesmo sobre as coisas e depois da leitura do livro eu comecei a tentar ver o lado bom das coisas. Esse livro tem frases bem marcantes e é uma das coisas que eu gosto bastante. E eu acho o livro mil vezes melhor que o filme, inclusive eu acho o filme bem diferente do livro – mas eu gosto do filme também mas sinto que o livro tem aquele tchan que o filme não tem.

A leitura foi super harmoniosa e narrativa me prendeu bastante no livro e acabei a leitura em apenas uma semana.

E vocês, já leram o livro ou assistiram o filme O Lado Bom Da Vida? O que acharam? Ah! E vocês já leram algum livro que, de alguma forma, mudou o jeito de ver a vida? Me contem aqui nos comentários, quero saber!

20 respostas para “O Lado bom da vida”

  1. Eu poderia ter escrito esse post, haha. Também li O Lado Bom Da Vida em 2014, numa época em que eu estava com depressão e passando por crises de ansiedade e paranoia, por isso eu acabei me identificando muito com os personagens do livro e ele se tornou um dos meus favoritos da vida! E como você eu também gosto do filme, mas… prefiro o tchan do livro!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Hello!

(Elizabeth) — Ítalo-brasileira, aspirante a filha de Poseidon, nascida em meados do século XX. Rainha dos dramas e das gambiarras que vive no mundo dos códigos e nos livros. Saiba mais!