Estoure a bolha que você vive — It's Lizzie



Comportamento

Estoure a bolha que você vive

© Créditos/Reprodução: Unsplash

Estamos tão acostumados com as coisas ao nosso redor, com as nossas crenças, que muita das vezes acabamos nos acostumando com tudo isso e acabamos desenvolvendo uma proteção em torno de nós mesmos juntamente com as nossas crenças.

Quando estamos dentro de uma bolha apenas o que achamos está certo é a nossa opinião, a única que deve ser validada, independente do assunto em questão. A bolha acaba se tornando a nossa zona de conforto e nos sentimos tão bem nela que acabamos esquecendo que há um mundo fora dela que é totalmente diferente. Afinal, se está confortável por que sair, não é mesmo?

O que é diferente assusta um pouco, né?

Eu sei, eu te entendo mas de nada vale você permanecer dentro de uma bola limitante da qual te impede de explorar e de conhecer coisas novas, de ter experiências novas. De aprender novos assuntos, como religiões diferentes da sua, por exemplo. Quando permanecemos dentro de uma bolha perdemos o que há de mais mágico e encantador que é viver e estar em constante evolução.

Somos seres falantes, pensantes e estamos em constante movimento todos os dias. Somos seres livres mas que acabamos ficando limitados com crenças que muitas vezes foram impostas para nós e não me refiro somente a crenças religiosas mas crenças de que você é limitado a fazer tal coisa ou que você não pode exercer aquela profissão por que aquela profissão não dá dinheiro ou por que você é mulher e não pode exercer aquela determinada profissão da qual você tanto sonhou.

Mude o foco um pouco. Experimente sair da sua bolha limitante e expanda os seus horizontes. Há um mundo mágico e incrível para ser conhecido que ainda é inexplorado por você.

Uma resposta para “Estoure a bolha que você vive”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Hello!

Oi! Eu sou a Lizzie e este é o meu espaço na blogosfera. Sou uma aquariana que estuda idiomas e assiste dramas asiáticos. Ah, e eu sou a rainha das gambiarras Saiba mais!