Dicas para quem está aprendendo coreano — It's Lizzie



Estudos

Dicas para quem está aprendendo coreano

Dicas básicas mas super úteis para quem está aprendendo coreano.

Aprender coreano é uma das melhores coisas que eu estou fazendo na vida, que idioma maravilhoso! Espero que um dia eu visite a Coreia do Sul ~ embora eu e aviões não nos damos muito bem, né ~ e os outros países da minha longa e extensa listinha.  

Bom, eu continuo estudando coreano sozinha mas agora estou utilizando um livro chamado My Korean e eu estou gostando bastante. Às vezes eu ainda utilizo o livro Korean From The Zero mas tenho usado mais o My Korean ~ Lembrando que ambos livros são totalmente em inglês.

Ao longo dessa minha trajetória de aprender um aprender um idioma totalmente diferente do nosso, eu acabei aprendendo algumas coisas que ajudam no aprendizado do idioma como por exemplo, não romanizar. E eu vim compartilhar com vocês algumas dicas que tem me ajudado a aprender o idioma ♥

Não romanizar as palavras

Quando estamos aprendendo coreano é super normal a gente romanizar, ou seja, escrever da mesma forma que escrevemos em português, por exemplo, na intenção nos lembrarmos de como pronunciar determinada palavra ou frase.

Um exemplo da romanização atrapalhando o aprendizado: O nome 정국 pode ser romanizado como Jungkook, Jung-kook, Jeongguk e até mesmo como Jeong-gug.

Devemos ter em mente que o Hangul, alfabeto coreano, é totalmente diferente do nosso, desde a escrita à pronúncia. Ao romanizar, você corre o risco de pronunciar errado aquela determinada palavra em coreano porque, provavelmente, você irá pronunciar de acordo com o seu idioma materno. Por experiência própria, a maioria das palavras romanizadas que estão na internet não são cem por cento corretas e, de certa forma, romanizar acaba atrasando seu aprendizado. Eu mesma percebi uma melhora no meu aprendizado quando comecei a evitar romanizar.

Estude o Hangul

Um dos passos para largar a romanização é aprender o Hangul. Se lembram de como aprendemos o alfabeto na escola? Foi praticando todo dia, certo?! Pois bem, devemos fazer isso com Hangul também.

Não precisa passar horas estudando o Hangul, estudando um pouquinho todos dos dias, acredito que seja o suficiente para começar a guardar na memória. Afinal, o Hangul possui 40 letras – 21 vogais e 19 consoantes.

Não fique obcecado pelo Batchim

 Batchim (받침) é um dos tópicos de estudos mais temidos por quem estuda coreano. O Batchim são as consoantes que ficam sem par de vogal no final de cada sílaba para formar um som completo. Ou seja, a pronúncia muda mas a escrita permanece a mesma.

É um assunto complicado e que eu ainda estou tentando entender mas percebi que muitas pessoas que estudam coreano ficam focadas demais no Batchim e isso acaba desmotivando com o tempo. Já vi relatos de pessoas em grupos no Facebook, por exemplo, que desistiram de estudar coreano por não conseguirem entender o Batchim.

Aprender o Batchim é importante mas não fique obcecados por isso, senão vocês podem acabar desmotivando mesmo. Além disso, acredito que isso leva tempo mesmo até conseguirmos dominar o assunto então estudem outras coisas também, como por exemplo, saudações, auto apresentação, diálogos, os dois tipos de números.

Romanizar as palavras acaba atrasando seu aprendizado.

Escute e cante músicas em coreano

Quando você decide aprender um novo idioma, você necessita manter contato com esse idioma de alguma forma. Quando alguém me pede dicas de como aprender Inglês, por exemplo, eu sempre incluo a música na listinha de dicas. Todo mundo ama música e cantar, mesmo que neguem, então dá para unir a diversão com aprendizado.

Cantem junto. Eu sei, vai parecer que você vai estar invocando o deus grego Hades (talvez ele fique na dúvida se está sendo ou não invocado) mas cantem, a prática leva a perfeição.

Se você está aprendendo coreano e quer indicações de músicas coreanas é só comentar aqui no blog, me mandar um e-mail ou olhar aqui no ladinho na sidebar na Playlist do momento, sempre tem músicas coreanas alí. A maioria é Kpop mas tem sem ser Kpop também haha

Assista doramas

Não é segredo para ninguém que assistir séries, em um determinado idioma, ajuda no aprendizado daquele idioma, além disso é uma excelente fonte para expandir o vocabulário.

Quando eu estudava apenas Inglês, eu assistia filmes e séries totalmente em Inglês – desde áudios à legendas. Agora que estudo coreano, também, eu assisto muitas ‘séries’ coreanas (doramas) mas legendado em português porque eu ainda não cheguei nesse nível avançado igual ao Inglês.

Aqui no blog sempre tem dicas de doramas coreanos. Se você está procurando dicas sobre o que assistir é só clicar no menu Filmes e Séries. Tem dicas para todos os gostos 😉

E vocês, quais idiomas tem vontade de aprender? Me contem aqui nos comentários ♥

5 respostas para “Dicas para quem está aprendendo coreano”

  1. Não tenho a intenção de aprender coreano, mas fiquei perplexa em como o seu post foi informativo pra mim. Para começar eu nem sabia que existia a palavra romanizar, e percebi que a gente faz muito isso quando temos acesso a palavras coreanas na mídia.
    Sobre ouvir, cantar músicas e assistir doramas, acho que isso ajuda muito mesmo, é como vc disse, assim estamos sempre tendo contato com o idioma. Minha irmã aprendeu muito do inglês tbm assistindo a séries. Quando era adolescente eu gostava muito de kpop (já hj nem tanto), daí eu procurava pelas letras das músicas e tentava cantar junto, haha. Tem uma que eu sei de cor em coreano até hoje, haha. Se eu tivesse me dedicado a isso com o intuito de estudar, teria evoluído bastante.
    Enfim, amei seu post, achei as dicas muito válidas. Beijo!

    • Eu descobri essa palavra há pouco tempo também, enquanto estudava coreano. Eu achei essa palavra estranha a principio mas depois que pesquisei ela faz todo sentido agora rs Gostei de saber que você gostava de kpop, atualmente estou viciada em Kpop HUAUHAHU Fico feliz que tenha gostado do post ♥

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Hello!

(Elizabeth) — Ítalo-brasileira, aspirante a filha de Poseidon, nascida em meados do século XX. Rainha dos dramas e das gambiarras que vive no mundo dos códigos e nos livros. Saiba mais!